As gordinhas de Eliana Kértesz

Eliana Kertsz é uma artista plástica baiana, uma das mais importantes escultoras brasileiras da atualidade. Com mais de 10 anos de carreira partindo do contraponto da estética moderna e criando as charmosas “Gordas”.

As formas arredondadas das gordas de Eliana Kértesz! A artista se posiciona e se firma no cenário artístico pela força criativa e principalmente pela coerência de uma estética própria, que empresta significação e identidade a cada uma das personagens que desenvolve, sempre de formas arredondadas.

Conhecida no cenário artístico e intelectual por criar apenas esculturas de gordas, Eliana justifica sua preferência: “Volumes, curvas, abundância, exagero e fartura. Assim que nascem minhas gordas. São generosas, sensuais e extravagantes”.

Formada em administração, a artista plástica fez carreira no setor público e na política da Bahia. Enquanto o mundo atual parte em busca da silhueta perfeita, Eliana Kértész se consolida cada vez mais criando apenas mulheres gordas.

As gordinhas de Eliana Kértesz, as Meninas do Brasil! Em barro, bronze, resina, fibra, alumínio ou pedra, elas expressam a arte de Eliana, uma maneira de ver o mundo e manifestar irreverência à ditadura da beleza magra. Como um desafio na carreira, Eliana idealizou o monumento As meninas do Brasil, proposta sugerida à Prefeitura de Salvador. Desde dezembro de 2004, as esculturas estão expostas em Ondina Salvador. “Este monumento é uma homenagem às três raças do Brasil – negra, branca e índia.

O charme das gordinhas de Eliana Kertész.São elas Damiana, Mariana e Catarina que, em nome da Bahia, saúdam o Brasil e o mundo com alegria e paz. Fundidas em bronze, as esculturas possuem, em média, três metros de altura cada uma e já podem ser consideradas um cartão postal da cidade. Cada uma das “gordinhas” está olhando para a sua região de origem: Damiana para a Africa, Mariana para Portugal e Catarina para o interior do Brasil.

Eliana assina também a criação de esculturas expostas em outros locais de Salvador, São Paulo, Paraná, Rio de Janeiro, Fortaleza e Estados Unidos.

Eu particularmente sou fã do trabalho de Eliana. Adoro esculturas em cerâmica e adoraria ter uma gordinha desta em minha casa! rsss…. O trabalho dela é inconfundível e extremamente marcante! Simplesmente lindas estas gorduchas!

Veja uma entrevista de Eliana Kertész para Jô Soares em 1995, no Programa Jô Soares Onze e Meia. Nesta época ela já idealizava colocar as suas gordinhas em tamanho natural nas ruas de Salvador. Assita o vídeo:

Veja também um um vídeo deste fantástico trabalho no Programa Mais Você: